Ministro lamenta protesto com caxirola no clássico BaVi

  • Quinta, Mai 26 2011
  • Escrito por 
  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Instrumento musical criado por Carlinhos Brown para ser a sucessora da sul-africana vuvuzela, que foi sensação na Copa de 2010, a caxirola “estreou” neste domingo, durante o clássico entre Bahia e Vitória - vencido por este último por 2 a 1 -, na Arena Fonte Nova, em Salvador. E o artefato, um dos símbolos do Mundial de 2014 que acontecerá no Brasil, acabou sendo utilizado para atos de vandalismo.

Distribuídos na entrada do estádio aos cerca de 30 mil torcedores que assistiram ao jogo, os instrumentos, uma espécie de chocalho para colocar na palma da mão, viraram arma de protesto dos torcedores do Bahia pouco antes do intervalo, quando o time perdia por 2 a 0. Revoltados, eles atiraram as caxirolas no gramado - por vezes perto de jogadores que não estavam agradando.

A notícia chegou ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que participa do 12º Fórum de Comandatuba, um dos principais encontros empresariais do Brasil, no resort Transamérica Ilha de Comandatuba, em Una, no litoral sul da Bahia. Ao ser informado sobre o ocorrido com o instrumento, que recebeu as chancelas do ministério e da Fifa para ser produto oficial da Copa, ele ficou sem reação.

Depois de alguns segundos pensativo, Aldo Rebelo limitou-se a dizer: “Não é boa notícia”. Na sequência, ele tentou minimizar o fato. “Não necessariamente vai acontecer algo semelhante se o Brasil estiver perdendo uma partida na Copa”, afirmou o ministro.

Fonte: Correio 24 Horas

Ler 3140 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Publicado em Esporte
Tagged sob

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Classificados

O Olho do Povo

« Maio 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        
Imperdível! As novidade do comércio da nossa região estão aqui:
  •  
    Não fique no anonimato, anuncie aqui!
     
  •  
    Não fique no anonimato, anuncie aqui!
     
  •  
    Não fique no anonimato, anuncie aqui!